Oi genteeeeee, tem um tempinho que eu não posto nada, o motivo: contei lá no instagram e venho aqui contar pra vocês. Meu computador quebrou e eu perdi todos os arquivos (fotos, resenhas) que estavam nele, passei quase um mês sem nenhum contato com o computador e agora finalmente consegui recuperá-lo, porém sem nenhum arquivo, zerado, novo bala, então preciso organizar tudo de novo e tirar fotos novas e resenhar os livros de novo, é uma pena e um saco, mas eu vou conseguir recuperar o tempo perdido, PROMETO!

Agora vamos ao ponto principal desse post, na última quinta-feira, 17/03, participei da 5ª Turnê Intrínseca e é a segunda vez que aconteceu aqui em Aracaju (pra quem não se lembra ou não viu, eu participei da 4ª Turnê ano passado e só dá uma passadinha aqui pra vê como foi legal também). Fui com a Hellen (@sobreumlivro) e com o Gil (co-fundador do @sobreumlivro) de novo e reencontramos algumas pessoas do ano passado, fizemos amizades com pessoas novas, rimos horrores com os semideuses que estavam espalhados por lá. 


Cheguei no Quality Hotel Aracaju às 14:30 e já tinha alguns gatos pingados lá, ficamos conversando até a numeração ser distribuídas por um grupo de meninos que estavam lá, ano passado a iniciativa de colocar os números nos braços também foi de algumas pessoas que estavam na fila. A entrega das senhas da Intrínseca começou 16:00 e depois que você colocasse essa pulseirinha roxa da foto estava tudo certo, o evento começou 17:00 e foi até às 20:10. 


1-Welcome to Night Vale (Joseph Fink e Jeffrey Cranor): Uma amistosa comunidade no deserto, onde o sol é quente, a lua é linda e misteriosas luzes atravessam o céu enquanto todos fingem dormir. Essa é Night Vale. Uma cidadezinha como muitas outras, com um prefeitura, uma pista de boliche, uma lanchonete, um supermercado e claro, uma estação de rádio comunitária. De diferente apenas fantasmas, anjos, aliens e conspirações secretas do governo (estas últimas, talvez nem tanto). Bem-vindo a Night Vale é uma história de mistério genial, inspirada em um dos podcasts americanos mais inovadores da internet.

2-Garoto 21 (Matthew Quick): Repetir um movimento várias e várias vezes ajuda a clarear a mente -uma lição que Finley aprendeu muito cedo nas quadras de basquete. Numa cidade comandada pela violência do tráfico e da máfia irlandesa, morando com o pai e cuidando do avô, vestir a camisa 21 e dar o sangue nas quadras é sua válvula de escape. Vinte e um também é o número da camisa de Russ, ou pelo menos era, enquanto ele ainda a vestia. Recém-chegado na cidade depois de ter a vida virada de cabeça para baixo por uma tragédia, a última coisa que ele quer é pegar de novo numa bola de basquete. Uma história de crescimento e amadurecimento, com a prosa sensível e inteligente de Matthew Quick.

3-Destinos e Fúrias (Lauren Groff): Dizem que honestidade e transparência são o que mantém um relacionamento. Às vezes, porém, a felicidade só é possível graças ao que não é dito. Aos 22 anos, Lotto e Mathilde são lindos, perdidamente apaixonados e destinados ao sucesso. Uma década depois, o casamento que eles construíram causa inveja. Esse era o destino. Lotto passou de ator desempregado a dramaturgo famoso, apesar de parte desse sucesso se dever as forças que seu ego reprime. Mathilde vive em função da carreira do marido, mas talvez seja uma atriz mais talentosa do que Lotto jamais foi. Essas são as fúrias. Dividida em duas partes e contada de diferentes pontos de vistas, Destinos e fúrias narra a estonteante jornada de um casamento ao longo de 24 anos -uma história sobre amor e arte, poder e percepção que surpreende e supera todas as expectativas.

4-Lugar Nenhum (Neil Gaiman): Richard Mayhew é um homem jovem, bonito e de bom coração, com uma vida totalmente comum, até que se depara, andando apressado por uma calçada londrina, com uma garota caída, sangrando. Richard a socorre. Um ato de bondade que o atira num universo que ele jamais sonhou. Algumas pessoas simplesmente caem pelas fendas, como o esgoto que escoa para o lugar dos perdidos e esquecidos, e Richard se torna uma delas. Ele precisa aprender a sobreviver nessa cidade de sombras e escuridão, monstros e santos, anjos e assassinos, até poder voltar para a Londres que conheceu.

5-Aceitação (Jeff Vandermeer): É inverno na Área X, a misteriosa região selvagem que desafia explicações e repele pesquisadores de expedição após expedição, recusando-se a revelar seus segredos. Enquanto sua geografia impenetrável se expande, a agência responsável por investigá-la e supervisioná-la, o Comando Sul, entra em colapso. Uma última e desesperada equipe atravessa a fronteira -se falharem, o mundo estará correndo perigo. Aceitação, último volume da trilogia iniciada com Aniquilação e Autoridade, conecta os livros anteriores numa história que vai e volta no tempo, em capítulos breves e acelerados, narrados pela perspectiva de personagens cruciais.

6-Depois de Você (Jojo Moyes): Passado pouco mais de um ano, reencontramos Louisa em Depois de você. Morando em um flat em Londres, ela trabalha como garçonete em um pub no aeroporto. Certo dia, após beber muito, Lou cai do terraço, o terrível acidente a obrigada a voltar a casa de sua família, mas também a permite conhecer Sam Fielding, um paramédico cujo trabalho é lidar com a vida e a morte, a única pessoa que parece capaz de compreendê-la. Quando tudo parece começar a se encaixar, o passado com Will bate à porte de Lou, e o futuro que finalmente parecia menos nebuloso pode tomar um rumo totalmente novo.

7-F de Falcão (Helen Macdonald): Pouco depois da morte do pai, a escritora, poeta e historiadora Helen Macdonald viaja de Cambridge, na Inglaterra, até a Escócia para comprar um falcão. A dor da perda criara um abismo em sua vida, nada mais fazia sentido. Helen sabia que precisava lutar contra isso, e a falcoaria, atividade que sempre fez parte de sua vida, tornou-se uma válvula de escape. Helen se dedica a ler  os diários e livros técnicos do contista e falcoeiro britânico T.H.White, e o toma como mestre nessa jornada. Muito mais do que domesticar falcões, o que Helen aprende com White e suas aves é que a natureza selvagem dos falcões pode  ensinar muito sobre vencer os próprios medos e alcançar o inalcançável. Uma narrativa poética e tocante, de perder, luto e, acima de tudo, superação, vencedora do prestigioso Costa Awards.

8-P.S. ainda amo você (Jenny Han): Lara Jean sempre teve uma vida amorosa muito movimentada, pelo menos na cabeça dela. Para cada garoto por quem se apaixonou e desapaixonou platonicamente, Lara Jean escreveu uma carta. Confissões que, de repente e sem explicação, foram parar nas mãos dos destinatários. Em Para Todos os garotos que já amei, Lara Jean não faz ideia de como sair dessa enrascada, muito menos sabe que o namoro de mentirinha com Peter Kavinsky, inventado apenas para fugir do total constrangimento, se transformará em algo mais. Agora, em P.S.:Ainda amo você, Lara Jean tem que aprender a viver um relacionamento que não é de fazer de conta. E justo quando ela parece estar conseguindo, um amor do passado cai de paraquedas bem no meio de tudo e a faz perceber que se apaixonar por alguém é a parte fácil: emocionante mesmo é tudo o que vem depois.

9-As provas de Apolo (Rick Riordan): Como se castiga um imortal? Transformando-o em humano, claro. Depois de deixar o pai, Zeus, enfurecido, o deus Apolo é lançado à Terra como punição. Fraco e desorientado, ele cai em Nova York. Agora um garoto comum, sem poderes divinos, a deidade de quatro mil anos precisa dar um jeito de sobreviver no mundo contemporâneo até, algum dia, cair novamente nas graças de Zeus. Mas ninguém é deus grego sem ter inimigos, e Apolo os tem aos montes: monstros, outras divindades e até mesmo mortais. Todo mundo quer se aproveitar da vulnerabilidade do ex-olimpiano para destruí-lo de uma vez por todas. Apolo precisará de ajuda, e só há um ligar para ir, um enclave de semideuses modernos em território mortal conhecido como... Acampamento Meio-Sangue.






Os pontos positivos:
-O evento foi bem mais organizado do que no ano passado;
-Os livros estavam com até 50% de desconto;
-O evento foi mais interativo.

Os pontos negativos:
-A mudança de horário do evento. Pelo menos para a minha pessoa foi ruim, já que eu pego ônibus e o evento terminou por volta das 20:20 e eu só consegui chegar em casa quase 22:30 por conta da hora dos ônibus :(
-O lugar em que foi realizado o evento. Foi no mesmo hotel, porém foi no auditório e não na piscina como em 2015 e isso me prejudicou um pouco só na hora de tirar fotos;
-O VITOR NÃO VEIO DESSA VEZ (quem conhece ele sabe porque isso é um ponto negativo).

Fora isso foi tudo lindo e maravilhoso, rolou sorteios, muitas novidades e claro, os brindes com muitos marcadores, bottons e mais marcadores!!!! Esperando ansiosamente para a 6ª Turnê e pelas ~muitas~ outras que virão, uma pena eu não ganhar nada nos sorteios, mas só de comparecer lá já fico mega feliz. Pra você que nunca foi e que sua cidade ainda teve o evento cliquei AQUI para saber mais.

Espero que tenham gostado do post e comentem aqui embaixo o que vocês acham de mais legal nesses eventos, beijos :*




Ps: aqui está um vídeo engraçado de um momento que rola no evento, onde você escolhe por meio de um plaquinha entre dois livros do mesmo gênero e com um pitadinha de diferença.

Deixe um comentário