Livro: Segredos de Família
Autores: Vários
Editora: Ases da Literatura
Páginas: 218
Tempo de leitura: 5 dias
Nota: 7

SINOPSE: Alguns segredos são trancados nos cofres da alma. Muitos deles estão escondidos no passado, assombram o presente, e são capazes de decidir o futuro da família. Segredos de Família é uma antologia recheada de contos misteriosos e descobertas assombrosas que mudarão o rumo de famílias que poderiam ser a sua. Alguns contos são baseados em fatos reais! Entre, descubra, surpreenda-se... Mas, por favor, não conte para mais ninguém...
 
Segredos de Família, é uma antologia dos mais diversos gêneros, do sobrenatural ao investigação criminal, mas todos com um tema central: a Família, o que me chamou muito a atenção. Ao todo são 17 contos e cada autor retratou sua história com vividez e muita criatividade. Alguns contos eu particularmente não gostei, porém outras me fascinaram demais. 

O livro foi parceria da autora Fátima Venceslau, que inclusive possui um dos meus contos favoritos no livro: Esqueletos no armário. O conto nos apresenta Carlos, um jovem que carrega nos ombros um segredo que assim como seu tio Victor, pode levá-lo ao tormento. O que eu mais curtir foi o jeito que a autora desenrolou um tema tão delicado e que conseguiu me prender até o final e não decepcionou. 


A diagramação é simples, a leitura é clara e rápida, os contras foram as páginas amarelas e as letras pequenas (pra quem sofre de dislexia e de dda como eu é um tormento!!!), fora isso, gostei muito da capa e como a Lycia Barros organizou tudo.


Fora o conto da Fátima, selecionei alguns contos que me chamaram a atenção, infelizmente como todos os livros de contos, alguns são ótimos e outros nem tanto, uns eu mal consegui terminar de ler e fui arrastando e pulando páginas, mas os contos bons prevaleceu assim como:

-A queda da Torre (Mateus Atalaia): Monique, uma investigadora criminal que te o pior caso de sua carreira ao acordar naquele dia (ou seria o mais revelador dos casos?), ao descobrir que sua mãe havia sido assassinada aos pés da Torre Eiffel. E assim ela fará de tudo para encontrar o assassino e fazer justiça, ma no final algo realmente surpreendente acontece.

-Relicário (Rodrigo Alves): Em um cenário antigo, Krigor é apaixonado por Adele e os dois guardam segredos que podem destruir suas famílias. Ele é um lobisomem e ela, bom, tirem suas conclusões "E após beijar o relicário como sempre fazia depois de matar uma fera, ajeitou sua capa e colocou o famoso e surrado capuz vermelho sobre a cabeça."

Curiosos em relação ao livro? Eu gostei muito mesmo e já quero ler as outras antologias da editora, mas isso é em outro post! Obrigada minha querida Fátima Venceslau pela confiança. Deixem nos comentários o que mais chamou atenção em vocês na resenha e se vocês conhecem alguns livros assim para me indicarem ♥

Deixe um comentário