Livro: A Garota Que Eu Nunca Beijei
Autora: Suelen Perez de Azevedo
Editora: Chiado
Páginas: 546
Tempo de leitura: *mais de um mês*
Nota: 7

SINOPSE: O que fazer quando seu melhor amigo é o motivo de seus mais espontâneos e sinceros sorrisos, mas ao mesmo tempo a razão de suas lágrimas e enxaquecas? Quando o amor e a amizade se dão as mãos e o seu coração já não sabe mais para onde ir...
Samantha e Diego são amigos há quatro anos e fazem tudo juntos. Desde assistir a filmes até tocar na mesma banda. Eis que surge das lembranças inesquecíveis do passado a ex e primeira namorada de Diego. Uma viagem rumo à cidade que se deixou para trás mudará para sempre a relação desses dois amigos. Música, drama, humor e reconhecimento de sentimentos até então desconhecidos e escondidos. E mais, saber que ainda se pode ter tudo.

Diego nunca vivia em uma única cidade por muito tempo, seu pai era jornalista e vivia perambulando o Brasil inteiro. Com 13 anos ele já conheceu mais cidades do que eu talvez chegue a conhecer durante minha vida inteira. Quando já estava se acostumando em BH e se apaixonado por Diana sua amiga de turma, ele recebe a noticia de que iria se mudar novamente e dessa vez seria definitivo. E com um sentimento puramente verdadeiro ele promete a Diana que quando eles forem mais  velhos se reencontrarão e viverão felizes para sempre. Mas o destino é uma verdadeira peça não é mesmo amigos? 

Quando chega no Paraná Diego logo conhece Samantha e os dois não se desgrudam mais, o sentimento de amizade de Diego cresce a cada dia, mas o de Sam cresce em outro sentido, o de amor. Juntos eles fazem de tudo, se entendem apenas com um olhar e a sintonia entre os dois é extremamente marcante. Após quatro anos de amizade e de momentos especiais, ela sente seus sentimentos crescerem dia após dia e faz de tudo para trancá-los a sete chaves. Sempre tentando alertar o filho sobre os sentimentos de Sam, Bárbara aconselha ele a analisar a situação com outros olhos e decidir a quem seu coração realmente pertence.

Até que uma viagem com sua banda até a cidade onde Diego conheceu sua ex mudará tudo! Com a oportunidade de levar a banda Os Noturnos a explorar outros horizontes, Sam, Diego, Gustavo, Guilherme e Clara são contratados para um show em Maringá. Como se uma bala tivesse atravessado Diego  e com uma pulga atrás da orelha com o que sua mãe ultimamente vinha dizendo e ainda mais nervoso que já se encontrava por finalmente voltar a vê sua antiga e primeira namorada, eles partem para BH com Nick, irmão mais velho de Sam e assessor da banda. O reencontro de Diego e Diana mudaram pra sempre a relação entre ele e Samantha e a viagem foi repleta de emoções e surpresas.


"-Eu quis dizer que você precisa saber qual das duas que te faz bem. A que trás paz e calmaria e que ao mesmo tempo te provoca tensão e um frio no estômago. Essas sensações são as mais próximas do amor. -Explicou. -O contrário disso se chama distração, ou melhor, atração." Pág. 163  

Bom, queria poder começar essa resenha tão animada quanto eu estava quando comecei a ler essa história, porém ao passar das folhas vi meu entusiasmo ir por água abaixo. Os personagens secundários tiveram na minha opinião um papel extremamente importante na história, os pais de Diego: Bárbara e Carlos, Clara a melhor amiga de Sam que a ajuda em diversas ocasiões e tenta guiá-la sempre para um caminho mais fácil e orientá-la em diversas situações. Gostei muito da forma que a autora começava os capítulos, com um trecho de uma música que combinasse com aquele momento. 

Eu adorei os personagens principais e os secundários, o cenário, a diagramação e gramática, tudo mesmo, porém as 547 páginas me cansaram demais, fui arrastando com a barriga em alguns momentos, alguns detalhes eu achei desnecessários e outros bem rasos podendo assim ter explorado mais alguns tópicos. Mas no geral eu adorei a história, foi surpreendente vê o quanto alguns personagens cresceram e amadureceram  ao longo da história e eu gostei bastante do desfecho, a autora conseguiu fechar todo o ciclo da história com muita sutileza e leveza, parabéns!

Enfim, esse livro é da parceria com a editora Chiado. Queria saber se alguém já leu algum livro dessa editora e qual vocês mais gostaram, deixem aqui nos comentários e espero que tenham gostado da resenha. Até a próxima ❤️

Deixe um comentário